Publicado em: 1 de abril de 2021

Prefeitura de Caxias emite novo decreto mais rígido para conter o avanço da covid-19

A Prefeitura de Caxias emitiu novo decreto nesta quinta-feira (01) com medidas restritivas mais rígidas, na intenção de conter o avanço dos casos de covid-19 no município. Como mostramos em reportagem aqui no Portal Guanaré, leitos de UTI e enfermarias estão lotados, o que pode ocasionar um colapso na saúde municipal, situação que vem sendo alertada pelo poder público e autoridades de saúde do município.

O novo decreto suspende, de 02 a 04 de abril (sexta, sábado e domingo), todas as atividades comerciais e de serviços. Podendo funcionar apenas farmácias, serviços de saúde, de hospedagem e similares, de transporte coletivo, transporte individual remunerado de passageiros por meio de táxi ou aplicativo, assistência veterinária, funerárias, os postos de combustíveis, exceto conveniências, as indústrias, serviços de manutenção de fornecimento de energia, água, telefonia e coleta de lixo.

As vedações do novo decreto incluem ainda reuniões e eventos em geral, a exemplo de shows, jantares festivos, inaugurações e sessões de cinema.

Entre os dias 05 e 11 de abril o Decreto Municipal autoriza o funcionamento de estabelecimentos entre 05h da e 22h.

Os Supermercados devem permitir a entrada de apenas um membro da família e colocar à disposição somente 50% dos carrinhos disponíveis; Bares só poderão funcionar delivery e drive-thru; Os estabelecimentos religiosos ficarão fechados; as academias ficarão fechadas; as distribuidoras de bebidas não poderão vender bebidas alcoólicas.

Fica determinada a suspensão, de 05 a 11 de abril, das aulas presenciais nas escolas e instituições de ensino superior, médio, fundamental, infantil, educação de idiomas e pré-vestibulares, tanto da rede privada quanto da rede pública de ensino.

Leia o decreto completo aqui no site da Prefeitura de Caxias.

Comentários

Um comentário em “Prefeitura de Caxias emite novo decreto mais rígido para conter o avanço da covid-19

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *