Publicado em: 21 de fevereiro de 2021

Coelho Neto: Caxias tem filho ilustre aniversariando neste 21 de fevereiro

Inicio esta homenagem a Coelho Neto, apelando aos professores e diretores das nossas escolas para que lembrem aos alunos a importância de comemorar-se o aniversário  desse escritor maranhense, nascido em 21 de janeiro de 1864, na cidade de Caxias, e que tão bem representou o Maranhão, como deputado e como homem de letras, sempre com honradez e singular competência.

Enquanto vivo, Coelho Neto recebeu o reconhecimento e a consagração, como escritor, como orador e como conferencista. Por muito tempo, foi o escritor mais lido do Brasil, recebendo, em 1928, o título de Príncipe dos Prosadores Brasileiros. Depois de morto, com pouco tempo, foi condenado ao esquecimento.

O prestígio de Coelho Neto, como orador, era confirmado em cada discurso que pronunciava por todo o Brasil, abordando qualquer assunto. Até para a inauguração de uma piscina, na sede do seu clube de futebol, o Fluminense, ele foi convidado, e ali fez um emocionante discurso. Por sua paixão pelo futebol, estimulava os filhos a praticarem esportes, inclusive dois deles chegaram a jogar em times cariocas. Muitas de suas crônicas foram dedicadas ao futebol, sempre procurando mostrar o lado positivo desse esporte.

A bibliografia do autor de Turbilhão é vasta, com mais de cem obras, entre crônicas, romances, teatro, novela, contos, conferências e discursos. Sua produção de crônicas foi caudalosa. Calcula-se que tenha escrito mais de oito mil crônicas, que, se fossem reunidas em livros, dariam aproximadamente uns cem volumes.

Academia Maranhense de Letras

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *