Publicado em: 17 de fevereiro de 2021

Prefeito Fábio Gentil consegue recursos para UPA e Maternidade de Caxias

 

Rubens Pereira, Fábio Gentil, Carlos Lula e Teódulo Aragão.             Foto: Instagram/Fábio Gentil

O prefeito de Caxias, Fábio Gentil (Republicanos), participou de uma reunião, em São Luís, com o secretário de estado da saúde, Carlos Lula (ao lado esquerdo do Fábio Gentil), onde fechou parcerias com o governo do Maranhão, visando a manutenção da Maternidade Carmosina Coutinho e convênio para a Unidade de Pronto Atendimento de Caxias (UPA). A parceria firmada refere-se à retomada de repasse de recursos estaduais para a Maternidade e para a UPA. Esses recursos, que ajudam na manutenção das duas unidades, deixaram de ser repassados desde que Fábio Gentil assumiu a prefeitura de Caxias, em 2016. Em publicação no perfil oficial do prefeito de Caxias, no Instagram, Fábio Gentil agradeceu a retomada da parceria com o governo estadual, e afirmou que o acerto ajudará o setor de saúde do município.

O ex-deputado Rubens Pereira e o vereador Teódulo Aragão, presidente da Câmara em Caxias, estiveram no encontro.

Maternidade Carmosina Coutinho
A Maternidade Carmosina Coutinho, que chegou a ser conhecida nacionalmente como maternidade da morte, passou a ser a Maternidade da Vida, no governo de Fábio Gentil. Em 2018 foi registrada zero morte neonatal e materna; houve a redução dos partos cesáreos com a implantação da Residência Obstétrica e a redução da mortalidade, em 85% entre 2107 e 2019, por exemplo. Na Carmosina nascem cerca de 3 mil bebês por ano, 60% dos atendimentos são de caxienses, mas a maternidade é referência para mais 54 municípios. Na Maternidade Carmosina funciona, também, o Banco de Leite Humano de Caxias,  indispensável para ajudar a salvar a vida de bebês que nascem prematuros e/ou com baixo peso e não podem ser amamentados por suas mães.

UPA
A unidade de Pronto Atendimento de Caxias, classificada como de porte III, realiza aproximadamente 350 atendimentos por dia, inclusive, de pacientes de cidades vizinhas, atende desde casos clínicos como hipertensão, diabetes descompensada, gastroenterites, infecção urinária, AVE e enxaqueca, até pacientes que sofreram acidentes com animais peçonhentos e mordedura de animais domésticos. Em 2020, a UPA virou referência no atendimento a pacientes com covid-19, sendo o local de triagem, e internação em uti, para casos mais graves.

 

Por Hudson Braz/Portal Guanaré

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *