Publicado em: 3 de abril de 2020

Unicamp mobiliza batalhão de cientistas contra o coronavírus

Quando se preparavam para atuar na resposta ao novo coronavírus, pesquisadores da Unicamp enviaram para professores e alunos de pós-graduação do Instituto de Biologia, um formulário em busca de angariar voluntários para dividir as tarefas.

Um dos objetivos da entidade – a terceira maior universidade pública paulista – era usar seus laboratórios para fazer exames de detecção da Covid-19 em pacientes da região de Campinas.

Em dois dias, mais de 400 pesquisadores se prontificaram a ajudar. A mobilização acabaria absorvendo membros de áreas tão diversas quanto epidemiologia, herpetologia, estatística e engenharia, que se uniram em uma força-tarefa contra a pandemia.

“Nunca vi tanta gente que nem se conhecia dar o máximo de si num projeto dessa dimensão”, diz Marcelo Menossi, professor de Biologia Molecular  da Unicamp.

O caso ilustra o protagonismo que universidades públicas brasileiras vêm assumindo no enfrentamento da pandemia em várias partes do país e reforça a importância de investir na pesquisa nacional.

Fonte: Direto da Redação com informações do BBC

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *