Publicado em: 9 de outubro de 2019

Rita Cadillac anuncia biografia

A esperada autobiografia de Rita Cadillac está pronta. Com o sugestivo título “Frente e Verso”, será lançada em 13 de junho de 2020, mesmo dia em que a ex-chacrete completará 66 anos de muito rebolado. “Minha vida é uma bomba atômica”, avisa ela.

Conhecida também por seus shows em locais inusitadas, Cadillac revela que no livro repassa algumas das tantas aventuras de sua vida e carreira. Como a primeira apresentação no garimpo de Serra Pelada, no Pará, para onde foi em 1984, depois de sair do programa de Chacrinha.

O susto começou logo no início da viagem, quando a ex-chacrete escapou da morte por muito pouco. Antes de chegar ao garimpo, o pequeno teco-teco que a levava teve problemas e caiu no meio da selva. Ela sobreviveu, como se sabe, mas, para chegar ao vilarejo onde se apresentaria depois, teve que completar o percurso de carona na traseira de um carro que levava porcos.

Os shows, como ela previa, foram uma loucura. No começo, Rita pensou até que não estava agradando, porque começaram a arremessar pedras em sua direção, mas logo percebeu que eram pepitas de ouro.

Apesar da bagunça generalizada, a ex-chacrete se surpreendeu com a reação dos garimpeiros. “Ficavam babando, extasiados, mas era uma babação respeitosa”, conta. Depois da recepção calorosa retornou a Serra Pelada mais três vezes e circulou por todos os outros garimpos da região. “Perdi a conta de quantos shows eu fiz por lá”.

Imagens dessa primeira turnê em Serra Pelada foram gravadas por uma equipe da TV inglesa BBC, que filmava o local conhecido como o maior garimpo ao ar livre do mundo. As imagens foram compradas pela produção do documentário “Rita Cadillac, a Lady do Povo”, disponível na Netflix.

Outra novidade na agenda da ex-chacrete é exatamente a sua volta aos garimpos ainda neste ano. “Estamos acertando detalhes, porque é uma viagem complicada, que exige uma série de cuidados de segurança. São locais com problemas e que continuam até hoje sem infraestrutura”.

A biografia “Frente e Verso” também deve trazer lembranças dos bastidores do programa do Chacrinha onde brilhou por dez anos como chacrete. Foi onde consolidou sua personagem e o apelido Cadillac, inspirado, claro, em seu bumbum avantajado, lembrando a parte traseira do carro mais desejado dos anos de 1970.

Fonte: Uol

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *