Publicado em: 28 de dezembro de 2018

Atenção mulheres: problemas ginecológicos ocorrem com frequência no verão

A época de férias e a estação de calor é um convite para passar os dias de folga em praias e piscinas mas o verão pode vir acompanhado de alguns problemas ginecológicos desagradáveis. Segundo a ginecologista, Aline Forattini os casos mais comuns são de candidíase, infecção urinária e vaginose.

Candidíase: É causada pelo fungo Candida Albicans. Ele já é existente em pequenas quantidades no organismo da mulher e vive em equilíbrio com a flora vaginal. Quando sua quantidade aumenta, causa os problemas ginecológicos como coceira, dor e vermelhidão vaginal, corrimento vaginal branco e agrupado e relações sexuais dolorosas.

Infecção urinária: É um quadro infeccioso que pode ocorrer em qualquer parte do sistema urinário, como rins, bexiga, uretra e ureteres. Os sintomas mais comuns são ardência forte ao urinar, forte necessidade de urinar, urina com sangue, odor ruim e forte na urina.

Vaginose: É uma infecção vaginal provocada pelo excesso de bactérias, especialmente a Gardnerella vaginalis e a Gardnerella mobiluncos, no canal vaginal, causando sintomas como coceira intensa, queimação ou desconforto ao urinar, cheiro fétido e corrimento branco pastoso, que também pode apresentar coloração amarelada ou cinza.

A ginecologista, Aline Forattini explica que alguns cuidados podem evitar as doenças. “Algumas dicas simples podem evitar o aparecimento desses problemas, como lavar as roupas íntimas com água e sabão e secar no sol, não deixar peças íntimas em ambientes úmidos como banheiros, não compartilhar sabonetes e peças íntimas e manter uma boa higiene. O uso do sabonete neutro também é uma boa opção”. 

Outro vilão nesse período é o biquíni molhado. A dica da ginecologista é trocá-lo por peças secas assim que possível. “Também oriento usar roupas mais leves e ventiladas. Os shorts acabam mantendo o biquíni úmido por mais tempo e não permitem que o ar circule”, acrescentou.

Fonte: R7

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *